sexta-feira, abril 14, 2006

 

Análise ABC (I)


Considere-se uma situação em que o aprovisionamento de 25 artigos, com as referências dadas na 2.ª coluna da Tabela 1, vai ser analisado pela técnica ABC. Os consumos anuais e custo médio unitário de cada artigo são indicados, respectivamente, na 3.ª e 4.ª colunas da mesma tabela. Na 5.ª e última coluna da Tabela 1 é listado o custo anual de cada artigo (Reis, 2005)

Tabela 1. Consumo anual, custo médio unitário e custo anual de 25 artigos.
NReferência do artigoConsumo anualCusto médio unitárioCusto anual
(unidades)(UM)(UM)
1A15004020 000
2A24005220 800
3A34303012 900
4A47207050 400
5A56508555 250
6A610 0005 600      56 000 000
7B132010032 000
8B24808038 400
9B35109548 450
10D13 1258002 500 000
11D28309377 190
12D39409286 480
13D44203514 700
14D56302314 490
15D6120576 840
16D70620
17D82007014 000
18E17004632 200
19E22 6007501 950 000
20E3950150142 500
21E46406038 400
22E57604030 400
23E60200
24F1820200164 000
25F2930250232 500


Reordenando os 25 artigos por ordem decrescente do custo anual, pode-se representar, na Tabela 2, a nova ordenação das referências (1.ª e 2.ª colunas), com os respectivos custos anuais. Neste exemplo têm-se duas situações extremas. O artigo A6 tem um custo anual muito superior ao seguinte (D1) e não houve qualquer consumo dos artigos D7 e E6. O artigo D1 é analisado separadamente e não é feito qualquer aprovisionamento dos artigos D7 e E6, sendo, portanto, os três artigos excluídos da técnica ABC. O valor acumulado dos custos anuais dos 22 artigos restantes é o que consta na 4.ª coluna da Tabela 2. A 5.ª e 6.ª colunas mostram o número e custo anual acumulados dos 22 artigos, em percentagem.

Uma classificação ABC possível dos 22 artigos é considerar aqueles que representam 80 por cento do custo anual acumulado como sendo artigos da Classe A. Os artigos seguintes, que representam 95 por cento do custo anual acumulado, são classificados como sendo da Classe B e os artigos restantes da Classe C. Esta classificação é indicada na última coluna da Tabela 2.

Tabela 2. Classificação ABC de 22 artigos.
NReferência do artigoCusto anualCusto anual acumuladoNúmero de artigos acumuladosCusto anual acumuladoClassificação A B C
(UM)(UM)(%)(%)
A656 000 000
1D12 500 0002 500 0004,544,8A
2E21 950 0004 450 0009,179,7A
3F2232 5004 682 50013,683,9B
4F1164 0004 846 50018,286,8B
5E3142 5004 989 00022,789,3B
6D386 4805 075 48027,390,3B
7D277 1905 152 67031,892,3B
8A555 2505 207 92036,493,3B
9A450 4005 258 32040,994,2B
10B348 4505 306 77045,595,0B
11B238 4005 345 17050,095,8C
12E438 4005 383 57054,596,4C
13E132 2005 415 77059,197,0C
14B132 0005 447 77063,697,6C
15E530 4005 478 17068,298,1C
16A220 8005 498 97072,798,5C
17A120 0005 518 97077,398,9C
18D414 7005 553 67081,899,1C
19D514 4905 548 16086,499,4C
20D814 0005 562 16090,999,7C
21A312 9005 575 06095,599,9C
22D66 8405 581 900100,0100,0C
D70
E60


Esta análise numérica é complementada por uma análise gráfica a que se seguem as conclusões.

REIS, Lopes dos - Manual da Gestão de Stocks: Teoria e Prática. Barcarena, Editorial Presença, 2005.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?