terça-feira, junho 06, 2006

 

Localização central de centro de distribuição/ hipermercado numa rede em árvore (IV)


Procedimento para determinar o centro absoluto ponderado num nó

Tendo utilizado o procedimento para determinar o centro absoluto ponderado y*, para resolver o problema do centro absoluto ponderado num nó (se y* não é um nó) só é necessário avaliar g nos nós do arco que contém y* e escolher como centro absoluto ponderado num nó um dos dois nós com o menor valor de g.

Para o exemplo anterior, uma vez que y* é no arco que une os nós 2 e 4, também se pode concluir que ou o nó 2 ou o nó 4 é o centro absoluto ponderado num nó. Os cálculos estabelecem que g (v2) = 20 e que g (v4) = 16, portanto o nó 4 é o centro absoluto ponderado num nó.

FRANCIS, Richard L. et al. - Facility Layout and Location: An Analytical Approach, 2.ª ed., Englewood Cliffs, NJ, Prentice Hall, 1992.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?